Como surgiu a edição especial Makers

Como surgiu a edição especial Makers

08/junho/2018

Já há algum tempo que queríamos desenvolver um produto que fosse destinado para "People who get things done". Este era um produto que tinha de reflectir o espírito que temos dentro da Infinitebook. Nós fazemos coisas, desenvolvemos produtos, conceitos, ideias, mas mais importante, não temos medo de arregaçar as mangas e começar a trabalhar. 

O primeiro passo foi pensar nas necessidades de quem iria utilizar o Makers.
- Quem faz bastantes coisas, precisa de se organizar, de ter uma lista onde pode colocar as tarefas que tem de realizar, divididas por urgência;
- Precisa também de entrar em contacto com diversas pessoas durante o dia;

infinitebook_to_do_list


Com estas duas premissas, criámos a To-Do list dividida em três secções. Urgent, To DoGet in Touch With. Optámos por adicionar 3 páginas com essas secções. Uma profissional, outra pessoal e a última para algum hobby ou projecto separado.

Depois pensámos para que tipo de projectos seria destinado o Makers. Desde construção de wire frames a rascunhos de peças de hardware. Então optámos por introduzir algo que ainda não se vê muito em Portugal, folhas dotted (apenas adicionámos 3 páginas com esse fundo para perceber o interesse).

infinitebook_dotted


Para concluir o interior do Infinitebook, adicionámos as marcas pretas junto das argolas para facilitar o reconhecimento da folha quando se utiliza uma app de scan. Percebemos que quem utilizaria o Makers, teria interesse em guardar algumas das folhas digitalmente.

 

infinitebook_scan

 

Por fim, a mensagem que queríamos passar. A ideia foi criar uma capa sóbria que fosse inspiradora. As frases "Let's get it done" e "The greatest pleasure in life is doing what people say you cannot do" desafiam de uma certa forma quem utiliza o Makers. Desafia-o a ser melhor. E é esse o nosso objectivo. Fornecer uma ferramenta que desafie a mudança, o crescimento.

Podes saber mais sobre o Makers, aqui.