📦 PORTES GRÁTIS EM ENCOMENDAS DE VALOR SUPERIOR A 40€ PARA PORTUGAL 📦

Querida Frida

Querida Frida

06/julho/2021

Querida Frida,

 

Faz hoje 114 anos que vieste ao Mundo (111 se fossemos pela data em que tu dizes que nasceste) e mesmo sendo nós de gerações completamente diferentes, tiveste o dom e o brilho de seres, também tu, infinita!

 

Revolucionaste várias gerações. Nem sempre fui capaz de perceber porquê. O que fazia de ti uma inquestionavelmente brilhante pintora, um ícone adorado pelos meus contemporâneos? Quando decidimos que íamos fazer, mais uma vez, um caderno em tua honra dediquei-me a conhecer-te, queria perceber o que em ti era tão especial que te tinha imortalizado. São poucos os artistas que o conseguem fazer, ainda menos os pintores, e nesse nicho, escassamente são mulheres.

 

Frida Kahlo

 

Descobri então que tinhas sido a primeira mexicana a ter uma exposição no Louvre, que na tua vida controversa mantinhas as tuas opiniões fortes e percebi nas entrelinhas da tua história que não devias ser uma mulher "fácil" - digo isto com fascínio e não com desdém!

 

Não tiveste uma vida fácil, e tal como os melhores artistas (nos quais te incluis unanimemente) decidiste contar a tua vida pela tua arte - macabra, metafórica e realista em simultâneo, melancólica e com uma pitada de humor negro (que não sei se tinhas, mas feliz ou infelizmente, como artista, tens de perceber que cada um tirará da tua arte aquilo que nela encontrar).

 

Frida Kahlo

 

Desenhámos um caderno por ti e para ti. Porque tantas vezes nos pediram para renovar a capa Genius onde eras estrela. Mas quisemos que desta vez fosse diferente. É um caderno para o público, mas pela Frida verdadeira. Não desenhavas pop art, portanto não te desenhamos em pop art. Decidimos desenhar-te com tempo e sossego porque acreditamos que nenhuma das tuas obras-primas foi feita do dia para a noite (posso estar enganada). E decidimos desenhar-te juntamente com tudo o que sempre acreditaste - o México, a morte, a extravagância, o feminismo e tu mesma!

 

Frida Kahlo

 

Mudaste a tua data de nascimento para ser um filho da revolução e nós mudamos o nosso caderno para que ele fosse um filho da Frida.

 

Obrigado por tudo o que fizeste pelo o mundo de hoje.

 

Da sempre tua e infinita,

 

Infinitebook


Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem apresentados.